IndieVisível,Jogando a Sério

Não é só uma pose, saca?

25 abr , 2016  

No final de março a indústria de jogos foi consumida mais uma vez pelo debate sobre liberdade artística e igualdade de gêneros. Isso porque a Blizzard cometeu um deslize adicionando uma pose sensual para a personagem Tracer do jogo Overwatch. Mas por que “deslize”, se tantas outras personagens esbanjam sensualidade nos jogos? Bem, porque adicionar uma pose sexy pra Tracer não tem absolutamente nada a ver com a mensagem que a Blizzard queria passar sobre a personalidade da personagem.

E você pode dizer: “Mas uma pose ia mudar tanto assim a personalidade da personagem?”. E a resposta correta é: não é “só uma pose”. É a deturpação da identidade da personagem.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

Laura: a identidade brasileira em forma feminina num jogo de luta

2 mar , 2016  

Por muito tempo o Brasil ficou sem uma representação significativa no mundo dos jogos. Apesar de termos um grande afeto por essa mídia, a realidade é que estávamos bem distantes de termos alguma importância pro cenário de jogos. Seja no mercado de consumo ou no de desenvolvimento, nosso país demorou muito pra chegar ao patamar atual, e tivemos de passar por muitas transformações no setor que tornaram nossa terra importante o suficiente pra que grandes estúdios começassem a abrir seus olhos pra cá.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , , , , ,