Especial IndieVisível,IndieVisível,Jogando a Sério

Quem são as mulheres gamers?

29 fev , 2016  

A mim, parece estranho fazer esse tipo de questionamento porque é tão óbvio quem são as gamers (jogadoras, desenvolvedoras, produtoras, etc), onde moram, como se alimentam e tudo mais. Porém, acabei percebendo que o assunto não é tão óbvio para uma parcela da comunidade. Para uma grande parcela, aliás! Eu poderia fazer um artigo embasado em fatos, estatísticas, relatos, infográficos. E, mesmo que eu fizesse isso, muitos não entenderiam. Então, hoje deixo de lado a pesquisadora que sou e falo com a voz de quem vivencia: a voz de uma mulher.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

Mercado Criativo e Jogos – O Panorama Brasileiro

29 fev , 2016  

O termo “economia criativa” ou “indústria criativa” despertou uma grande hype nos últimos anos. Esses conceitos, no entanto, não são recentes: foram definidos na metade dos anos 1990 pelo British Council para descrever indústrias baseadas na criatividade e talento individual, com grande potencial para geração de empregos, utilizando-se da propriedade intelectual para tanto. Entre essas indústrias criativas estão, entre outros, o mercado de moda, o mercado de artes e antiguidades, a produção de filmes e vídeos, e – claro – o design de jogos.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , ,

Aquelas Musiquinhas,IndieVisível

Aquelas Musiquinhas #1: Megaman 8

29 fev , 2016  

Uma coisa é falar de jogos, outra coisa é falar da franquia Megaman. Uma coisa é falar de trilhas sonoras de jogos, outra coisa é falar da trilha de Megaman 8.

Leia mais…

, , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

Brincadeira Saudável? Como os jogos podem influenciar a sua saúde

19 fev , 2016  

Se você nasceu a partir da década de 80 é quase impossível que não tenha – mesmo que superficialmente – brincado com video-games. De fliperamas em shoppings, passando por dispositivos simples (e baratos) como brick games e tamagotchis, até os consoles pessoais (que, provavelmente, atraíam toda a molecada da sua família e vizinhança), os vídeo-games foram uma presença constante na nossa geração. E, não importa se você é um jogador hardcore ou casual, sempre irá se deparar com o seguinte questionamento: mas isso não vai te fazer mal?

Leia mais…

, , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Podcast IndieVisível

(Podcast Piloto) Papo de Indie: Cinema e Games

19 fev , 2016  

E aí, galera! 😀

Com muito orgulho anunciamos o primeiro podcast do site IndieVisível: o  Papo de Indie, falando sobre cinema e videogames. Tivemos a presença especial do Sérgio Grecco, repórter e fundador do blog Papo de Ninja.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Saudades de você

Saudades de você #1: Crash Bandicoot

19 fev , 2016  

Crash foi um dos jogos que mais marcou minha infância. Acredito que não só a minha, mas de todos que fizeram parte da geração 32-bit.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

A importância dos jogos contra o preconceito

19 fev , 2016  

Vivemos em um mundo preconceituoso. Você provavelmente nunca tenha visto tantas notícias sobre ações colaborativas para sanar esse problema quanto agora. As razões são diversas: seja você uma pessoa acima do peso, de pouco poder aquisitivo, de uma região pobre do seu país, homossexual ou até mesmo do sexo feminino, provavelmente enfrenta problemas diários de preconceito.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , ,