IndieVisível,Jogando a Sério

Laura: a identidade brasileira em forma feminina num jogo de luta

2 mar , 2016  

Por muito tempo o Brasil ficou sem uma representação significativa no mundo dos jogos. Apesar de termos um grande afeto por essa mídia, a realidade é que estávamos bem distantes de termos alguma importância pro cenário de jogos. Seja no mercado de consumo ou no de desenvolvimento, nosso país demorou muito pra chegar ao patamar atual, e tivemos de passar por muitas transformações no setor que tornaram nossa terra importante o suficiente pra que grandes estúdios começassem a abrir seus olhos pra cá.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível

[A falta de] Terror nos Games

2 mar , 2016  

Eu sempre fui um grande fã de jogos de terror. A adrenalina constante gerada pela espera de que algo aconteça – e que nem sempre acontece – me deixa(va) extremamente satisfeito.

O primeiro título da série Silent Hill talvez seja aquele que melhor consegue representar para mim o que um jogo de terror deve ter. Não basta somente criar monstros de aparência perturbadora, nem fazer cenários extremamente assustadores, o jogo precisa de um conceito bem trabalhado e uma execução que equilibre todos os elementos do jogo – ambientação, personagens, expectativa, ação e história.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

Ok, já deu

2 mar , 2016  

Sério.

Quando eu criei o IndieVisível imaginava o site como uma fonte de artigos críticos sobre o mercado de jogos e a indústria, falando sobre os pontos monetários, de inovação e game design.  Foi aí que me toquei que esse tipo de coisa é importante sim, mas talvez não seja a mais importante. A primeira vez que tive um insight sobre um aspecto mais crítico dos videogames foi com o lançamento do Hatred.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Saudades de você

Saudades de você #1: Crash Bandicoot

19 fev , 2016  

Crash foi um dos jogos que mais marcou minha infância. Acredito que não só a minha, mas de todos que fizeram parte da geração 32-bit.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

A importância dos jogos contra o preconceito

19 fev , 2016  

Vivemos em um mundo preconceituoso. Você provavelmente nunca tenha visto tantas notícias sobre ações colaborativas para sanar esse problema quanto agora. As razões são diversas: seja você uma pessoa acima do peso, de pouco poder aquisitivo, de uma região pobre do seu país, homossexual ou até mesmo do sexo feminino, provavelmente enfrenta problemas diários de preconceito.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

Mecânica Expressiva: Quando a jogabilidade trabalha em conjunto com o conceito

19 fev , 2016  

Um jogo é uma forma de expressão. Uma mensagem que o desenvolvedor quer passar para o jogador por via de uma mídia interativa. Mas a maneira como essa interação é utilizada pode influenciar muito a maneira de receber a mensagem.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , , ,

IndieVisível,Jogando a Sério

Jogos não se sustentam somente pela ideia

19 fev , 2016  

Pra começar a explicação sobre esse tema, gostaria de compartilhar com vocês um feedback que uma vez recebi quando participei do SBGames 2012. A avaliação foi realizada pela própria banca de juízes do evento, e eu guardei com imensa gratidão.

Leia mais…

, , , , , , , , , , , ,