IndieVisível,IndieVisível Recomenda

IndieVisível Recomenda #2: Papo & Yo

1 abr , 2016  

De vez em quando aparecem aqueles jogos que te atingem tão profundamente que parece que de alguma forma o criador escutou você e suas angústias. Momentos que você achou que tinha esquecido acabam sendo relembrados, mas de um ponto de vista completamente diferente. Você muda aos poucos sua perspectiva sobre o mundo, sobre si mesmo, e por fim ainda consegue descobrir que da maior das dores pode sair algo bonito. Foi assim que me senti com Papo & Yo.

O jogo foi desenvolvido pela Minority Media e lançado para Playstation 3 em 2012. Um ano depois, o título foi para a Steam e por alguma razão que eu desconheço, não se tornou um dos títulos indies mais conhecidos entre o público que aprecia jogos além dos AAA. Aliás, pouco se vê falar sobre esse game.

Apesar de ser um jogo de alto nível (o que é justificável, afinal, foi desenvolvido por uma equipe de profissionais da indústria AAA), Papo & Yo não é um jogo brilhante em termos de mecânica. Seu gameplay é repetitivo e pouco desafiador. Pra você ter uma ideia, o jogo tem o tempo de gameplay estimado em 7 horas. Ainda assim, finalizei em apenas 3h. Mas o jogo tem um brilho próprio que você dificilmente encontrará em outros títulos. E isso faz toda a diferença.

O jogo conta a estória do menino Quico, que vivencia diversas aventuras em um mundo fantasioso que ele constrói em volta do lugar onde vive. Quico está constantemente ao lado do seu “amigo” Monstro, que é uma criatura preguiçosa e adorável por boa parte do tempo, mas que também se torna o maior perigo do jogo quando se alimenta erroneamente. Através da resolução de puzzles onde você distorce e constrói o mundo criado pelo garoto, você começa a entender mais sobre a relação de amor e medo do Quico e o Monstro.

papo-e-yo-indicacoes-indievisivel

Uma coisa bem importante pra dizer aqui é que Papo & Yo talvez seja o primeiro jogo auto-biográfico que a indústria nos concede. O jogo é inspirado na vida do seu criador, Vander Caballero, que nos mostra como conseguiu superar tantos traumas da sua infância através da criação de uma obra fantástica. Além disso, é uma das tantas outras provas que temos de que os jogos podem ir muito além do entretenimento.

Com uma trilha sonora incrível, cenários fantásticos e narrativa tão envolvente, Papo & Yo com certeza agrada à todos aqueles que gostam de um jogo que consiga transmitir belas mensagens artísticas e reflexivas. Experimente. Talvez te agrade também.

Compartilhe em suas redes:

, , , , , , , , , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute nossos últimos podcasts:

Acompanhem nossa página no Facebook!

Parceiros